Notícias

Exército de Israel afirma que corpo recuperado de um refém de Gaza foi assassinado em 7 de outubro

O exército de Israel recuperou mais três corpos no início da mesma operação. (Representativo)

O exército israelense disse no sábado que as tropas recuperaram o corpo do refém Ron Benjamin da Faixa de Gaza devastada pela guerra, depois que ele foi “assassinado” durante o ataque de 7 de outubro pelo Hamas.

O porta-voz militar, contra-almirante Daniel Hagari, disse que o corpo de Benjamin foi recuperado na mesma operação que viu as tropas recuperarem os restos mortais de outros três reféns, anunciada na sexta-feira.

Benjamin foi “assassinado durante o massacre de 7 de outubro no cruzamento de Mefalsim, e seu corpo foi sequestrado para Gaza por militantes do Hamas”, disseram os militares em comunicado separado.

“Seu corpo foi resgatado junto com os corpos de Yitzhak Gelerenter, Shani Louk e Amit Buskila… com base em informações precisas obtidas durante os interrogatórios de terroristas que foram detidos na Faixa de Gaza.”

Os militares disseram na sexta-feira que as tropas recuperaram os corpos de Louk, Buskila e Gelerenter de Gaza depois de terem sido feitos reféns durante o ataque ao festival de música Nova.

Milhares de jovens se reuniram nos dias 6 e 7 de outubro para dançar música eletrônica no evento, que foi realizado perto do kibutz Re'im, perto da fronteira com Gaza.

Combatentes do Hamas saíram de Gaza e mataram mais de 360 ​​pessoas no festival, disseram autoridades israelenses.

As vítimas do festival Nova representaram quase um terço das mais de 1.170 pessoas mortas no ataque de 7 de outubro, a maioria delas civis, segundo um balanço da AFP baseado em números israelitas.

Das 252 pessoas feitas reféns naquele dia, 124 ainda estão detidas dentro da Faixa de Gaza, incluindo 37 que o exército afirma estarem mortas.

A ofensiva retaliatória de Israel contra o Hamas matou pelo menos 35.386 pessoas em Gaza, a maioria civis, segundo dados fornecidos pelo Ministério da Saúde do território administrado pelo Hamas.

No sábado, o grupo de campanha Fórum de Reféns e Famílias Desaparecidas apelou às autoridades israelitas para que chegassem a um acordo com o Hamas para trazer de volta os restantes reféns detidos em Gaza.

“Os que estão vivos devem ser devolvidos para reabilitação, e os assassinados devem ser trazidos de volta para um enterro digno, como foi possível esta noite a Ron Benjamin”, afirmou o grupo num comunicado.

(Exceto a manchete, esta história não foi editada pela equipe da NDTV e é publicada a partir de um feed distribuído.)

Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button