Entretenimento

Todos os filmes de Satoshi Kon, classificados

“Agente Paranóia” é uma minissérie de 2004 criada e dirigida por Kon. E sim, é é uma série de TV, não um filme longo dividido em 13 capítulos como “minissérie” tende a significar hoje em dia. Devido ao trabalho limitado de Kon como diretor, estou ignorando esse detalhe técnico e incluindo-o.

“Paranoia Agent” começa com Tsukiko Sagi, uma designer de personagens de animação que criou o novo sucesso Maromi (um cachorro rosa de desenho animado que rivaliza com Hello Kitty! e Pikachu em sua fofura). Uma noite, ela é agredida por um patinador com um taco de beisebol. O agressor é apelidado de “Lil' Slugger” pela mídia, enquanto os detetives Ikari e Maniwa são designados para localizá-lo.

A série nunca para de seguir os fios que tece no primeiro episódio, mas inicialmente adota uma abordagem episódica. Na primeira metade, cada episódio segue um novo protagonista que, no final, atingiu o fundo do poço e se torna a próxima vítima de Lil 'Slugger. O episódio 3, “Double Lips”, segue uma mulher lidando com uma identidade dividida (ela é professora assistente durante o dia e garota de programa à noite). No episódio 5, “The Holy Warrior”, Ikari e Maniwa seguem um de seus suspeitos em seu mundo de fantasia, que parece saído de um videogame estilo “Dungeons and Dragons”. Essa pontada surrealista aumenta à medida que o show avança, fazendo com que pareça um teste para “Paprika” (os dois projetos compartilham um escritor, Seishi Minakami).

Às vezes, “Paranoia Agent” parece uma coleção de curtas-metragens que estende os limites ilimitados da imaginação de Kon. Assistir isso lembra você de como o mundo é menor sem essa imaginação.

Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button